MEMÓRIA

A memória de um computador pode ser classificada segundo esta hierarquia:

  • Memória Principal: nela o processador central do computador busca as instruções necessárias para executar e armazena os dados do processamento.
  • Memória Secundária: usada para segmentos inativos de programas e arquivos de dados que são trazidos à memória principal quando necessário. O processador central só executa as instruções e processa os dados que esteja na memória principal. A memória secundária é usada para organização de arquivos de dados históricos ou dados não necessários no momento para processamento.
  • Memória Principal – Há duas subdivisões básicas ou tipos de memória principal nos computadores atuais – memória de acesso randômico e memória read-only(somente para leitura). Temos também a memória flash, que não será abordada neste tema, pois as duas categorias abaixo são as mais antigas e mais comumente usadas.

RAM (RANDOM ACCESS MEMORY)

A Memória de Acesso Randômico (RAM), do inglês Randomic Access Memory é usada para armazenamento temporário de dados ou instruções. Quando entramos com um programa em linguagem Basic em um computador pessoal, as instruções são armazenadas na RAM do computador, assim como os dados de entrada. A RAM também é conhecida como memória read-and-write, pois podemos escrever ou ler informações neste tipo de memória.

A capacidade da RAM do equipamento é vital, pois determina o número de instruções e a quantidade dos dados armazenados a cada vez para um processamento.

A memória RAM é volátil – ao desligarmos o equipamento perdem-se as informações.

Algumas variações da memória RAM são:

  • SRAM(RAM ESTÁTICA) – As informações armazenadas, neste tipo de RAM, são mantidas com uma energia de alimentação (a fonte de energia elétrica deve ser mantida mesmo com o computador desligado).
  • DRAM(RAM DINÂMICA) – Os dados nela carregados precisam de um reforço elétrico para não serem perdidos. É mais lenta que a memória SRAM.
  • ROM(READY ONLY MEMORY)

A memória Read-Only(ROM), deriva do inglês Read Only Memory, é usada para armazenar instruções e/ou dados permanentes ou raramente alterados. A informação geralmente é colocada no chip de armazenamento quando ele é fabricado e o conteúdo da ROM não pode ser alterado por um programa do usuário.

As ROMs se constituem em um hardware que possui um software determinado e que não pode ser deletado pelo usuário.

As informações armazenadas na ROM não são voláteis, isto é, não são perdidas quando há falta de energia no computador.

Existem algumas variações e evoluções deste tipo de memória:

  • PROM: É a ROM que pode ser programada uma única vez.
  • EPROM: É a ROM que pode ser apagada com o uso da luz ultravioleta(podendo ser reprogramada)
  • EEPROM: É a ROM que pode ser apagada ou programada através de impulsos elétricos.

Nas próximas lições veremos mais sobre os componentes básicos de um computador.

Até a próxima.

fonte: juliobattisti

assinatura_blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: